Pilates

Pilates
Studio Ki

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Detecta em Sorocaba ajudará na segurança da população

Jaqueline Coutinho começa administrar uma cidade que estava às moscas


Após um péssimo início de ano, com a Prefeitura envolvida em escândalos, vinganças e cassação, a prefeita de Sorocaba, Jaqueline Coutinho põe a mão na massa e em pouco tempo mostra porque merece o cargo. A prefeita assinou nesta quarta (13) um convênio com a Secretaria Estadual de Segurança Pública para implantar na cidade o sistema Detecta, que potencializará a atuação da Guarda Civil Municipal (GCM) na identificação de veículos envolvidos em crimes. O sistema deverá entrar em funcionamento ainda em setembro ou no início de outubro.
 
O sistema permitirá que a GCM receba informações das polícias Civil e Militar sobre registros de ocorrências, aumentando exponencialmente a capacidade da Guarda de atuar na detecção de veículos envolvidos em irregularidades. Ao mesmo tempo, o sistema compartilhará as imagens captadas pela GCM com as polícias, para que a Civil faça a investigação e a Militar atue preventivamente. O sistema Detecta também agregará as imagens das concessionárias das rodovias Raposo Tavares e Castelo Branco.
 
De acordo com o Boletim Estratégico da SSP, o sistema Detecta permitiu, entre 2014 e 2017, a prisão em flagrante de 5.634 pessoas, interceptação de 3.991 veículos e apreensão de 351 armas de fogo. Esses números são do Estado de São Paulo. Só no interior, foram presas em flagrante 1.001 pessoas, interceptados 679 veículos, e apreendidas 58 armas de fogo.
 
Mais segurança

Jaqueline assinou o convênio em reunião com o secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, da qual também participou o secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, José Augusto de Barros Pupin. Jaqueline aproveitou o encontro para apresentar outras demandas da cidade e da região. Ela entregou um ofício para o secretário solicitando a reforma e ampliação do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom Regional), aumento do número de escrivães, investigadores e delegados de polícia para Sorocaba e região e recursos materiais para a polícia civil (viaturas descaracterizadas para uso em Sorocaba e região). Outra solicitação foi a liberação de recursos para implantação de um estande de tiro em Itu, no valor de R$ 1,6 milhão. (Da Redação, com informações de Secom Sorocaba)

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

José Crespo tem mandato cassado e Jaqueline Coutinho assume prefeitura de Sorocaba

Saiba quem são os vereadores que disseram SIM e NÃO. Prefeito era acusado de crime de quebra de decoro e prevaricação
Por 14 votos contra 6, o prefeito de Sorocaba (SP), José Antonio Caldini Crespo (DEM), teve o mandato cassado após quase 10 horas de sessão extraordinária na Câmara de Vereadores, nesta quinta-feira (24).
A decisão foi divulgada às 21h53 desta quinta-feira (24) e é a primeira vez na história da cidade que um chefe do Executivo é afastado do governo. A vice-prefeita, Jaqueline Coutinho (PTB), vai tomar posse no plenário do Legislativo e será a primeira mulher a assumir o cargo.
O mandato de Crespo foi cassado após 14 vereadores votarem a favor do relatório da Comissão Processante que concluiu que houve quebra de decoro e prevaricação na polêmica envolvendo o prefeito e a vice Jaqueline Coutinho.

Vereadores tiram primeira foto oficial com a nova prefeita, Jaqueline Coutinho (Foto: Eduardo Ribeiro Jr./G1)
Votaram SIM:
Antonio Carlos Silvano (PV) = sim
Fausto Peres (Podemos) = sim
Fernanda Garcia (PSOL) = sim
Francisco França (PT) = sim
Hudson Pessini (PMDB) = sim
Iara Bernardi (PT) = sim
João Donizeti (PSDB) = sim
JP Miranda (PSDB) = sim
Martinez (PSDB) = sim
Péricles Régis (PMDB) = sim
Renan Santos (PC do B) = sim
Rodrigo Manga (DEM) = sim
Vanderlei Diogo (PRP) = sim
Vitão do Cachorrão (PMDB) = sim

Votaram NÃO:
Fernando Dini (PMDB) = não
Hélio Brasileiro (PMDB) = não
Irineu Toledo (PRB) = não
Luis Santos (PROS) = não
Marinho Marte (PPS) = não
Pastor Apolo (PSB) = não

O mandato de Crespo foi cassado após 14 vereadores votarem a favor do relatório da Comissão Processante que concluiu que houve quebra de decoro e prevaricação na polêmica envolvendo o prefeito e a vice Jaqueline Coutinho (PTB). Conheça toda a História que levou a Câmara a cassar Prefeito.


quinta-feira, 27 de julho de 2017

Festa Japonesa no Parque Kasato Maru acontece neste fim de semana

Veja a programação da 9ª Festa da Colônia Japonesa de Sorocaba, na praça Kasato Maru, no bairro Campolim, acontece das 12h às 21h no sábado (29) e das 12h às 20h no domingo (30).


O evento exalta a cultura oriental, por meio de opções gastronômicas, bazar e atrações artísticas. O coordenador do evento, Graciano Simões Oikawa, conta que a expectativa é de receber 30 mil pessoas nos dois dias de festa, que é realizada com a ajuda de 400 voluntários. Serão 25 barracas espalhadas pela praça e pelas ruas Francisco Tertuliano Lopes e Pedro de Oliveira Neto. Organizada pela União Cultural e Esportiva Nipo-brasileira de Sorocaba (UCENS), a festa deve contar com a participação de treze entidades beneficentes.
A festa começou com a criação da Praça Kasato Maru, em homenagem ao centenário da imigração japonesa no Brasil. O nome da praça remete ao primeiro navio que trouxe os imigrantes do país ao Brasil.

Neste ano, o destaque gastrônomico fica por conta do takoyaki (bolinho de polvo) e ebiyaki (bolinho de camarão). Entre as atrações musicais, a cantora japonesa Mariko Nakahira e as apresentações do tradicional taiko e do teatro japonês são esperadas. Academias de dança da região, dos mais variados estilos, também marcarão presença. Confira a programação completa:


Ano que vem festa fará 10 anos
O presidente da Ucens, Roberto Matsushima, conta que para o ano que vem, quando a festa fará dez anos, planeja uma revitalização da praça. "Pensamos em melhorias", afirma.

Estacionamento da Festa

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Sorocaba fica sem ônibus

Além da paralisação Sorocaba deve ter protestos contra as reformas

A cidade de Sorocaba amanhece e ficará assim até o início da tarde sem transporte coletivo nesta sexta-feira (30), em razão da adesão da categoria ao protesto nacional contra as reformas trabalhista e da Previdência. Os dois terminais da cidade e também a rodoviária seguem sem funcionar, sem a circulação de ônibus, e os fretados que fazem o transporte para as indústrias também não estão saindo das garagens.Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Transporte Coletivo de Sorocaba e Região, os ônibus deixaram de circular já no início da madrugada desta sexta-feira (30) e só retomam as atividades no início da tarde, por volta das 14h.

No sábado (01), os ônibus voltam a circular normalmente com a suspensão da greve (por reajuste salarial) e assim permanecem até a próxima quarta-feira, dia 5, quando nova audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) busca uma solução negociada para o impasse.

Pela manhã, a Urbes informou que somente o Transporte Especial está funcionando em Sorocaba e que as faixas exclusivas de ônibus foram liberadas ao tráfego. A empresa pública destacou a liminar que determina que 70% da frota de cada empresa concessionária circule nos horário de pico e 50% nos demais horários. (Fonte: Cruzeiro do Sul - Foto: Erick Pinheiro)

Manifestações:
Sindicatos e movimentos sociais de Sorocaba, estão mobilizando suas bases para realizar protestos e paralisações na cidade nesta sexta-feira, contra as reformas trabalhista e da Previdência. A mobilização tem caráter nacional e está sendo convocada pelas centrais sindicais CUT, CGTB, CSB, Conlutas, CTB, Força Sindical, Intersindical, NCST e UGT, além da Frente Brasil Popular (FBP). Nesta sexta (30), às 8h30, deve ocorrer concentração de manifestantes na avenida Itavuvu e às 9h na praça Coronel Fernando Prestes.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Vice-prefeita de Sorocaba diz ter sido humilhada por Crespo durante reunião

Discussão aconteceu após questionar prefeito sobre assessora sem diploma.

Vice-prefeita de Sorocaba (SP), Jaqueline Lilian Barcelos Coutinho (PTB), afirma ter sido humilhada pelo prefeito, José Crespo (DEM), durante uma reunião em que teria exposto uma denúncia sobre a falta de diploma de uma funcionária comissionada. A prefeitura foi procurada pela reportagem e informou que vai se posicionar sobre o assunto nesta segunda-feira (26).
O caso veio à tona após a mãe da vice-prefeita afirmar, em uma postagem no Facebook neste domingo (25), que a filha e o secretário Hudson Moreno Zuliani tinham sido agredidos pelo prefeito durante a reunião. Jaqueline recebeu o G1 da Globo em casa para falar sobre o caso e disse que foi vítima de agressão verbal, e que não houve violência física. Veja a matéria no G1 da Globo.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Sorocaba Shopping tem troca de tiros e roubo a joalheria

O roubo a uma loja especializada em joias provocou uma troca de tiros no estacionamento externo do Sorocaba Shopping, na tarde desta quinta-feira (22), próximo à entrada e saída da rua Professor Toledo, no bairro Trujillo. Dois homens teriam anunciado o assalto, colocaram produtos em duas sacolas e fugiram. Na saída, um dos criminosos teria trocado tiros com um policial militar à paisana, presente no local.

Segundo informações da PM, os criminosos se passaram por clientes e anunciaram o roubo mostrando uma arma aos funcionários da loja. A dupla conseguiu encher duas bolsas com joias diversas.
Ainda de acordo com a corporação, seguranças do shopping perceberam a movimentação e os criminosos, após notarem que eram observados, saíram do local. Houve correria no shopping e um policial de folga tentou render a dupla.

Já no estacionamento, a PM afirma que um ladrão disparou contra o policial, que revidou. Os criminosos correram pela linha férrea até a rua Gonçalves Magalhães, onde fugiram em um carro que esperava por eles.
Na fuga, a dupla deixou cair a arma usada no assalto, um revólver calibre 38, e uma das bolsas com joias. As peças foram devolvidas à joalheria.
Equipes da Polícia Militar fazem patrulhamento pelas imediações do shopping, localizado na Avenida Afonso Vergueiro, inclusive com apoio do helicóptero Águia. Unidades de saúde também foram alertadas, já que um dos ladrões pode ter sido ferido pelo disparo de arma de fogo.

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Sorocaba ficará sem água nesta quinta feira 15

Estação do Cerrado passará por manutenção preventiva


O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba dá sequência na próxima quinta-feira (15/06) à programação de manutenções preventivas nos sistemas de entrada de energia elétrica das suas unidades de distribuição, desta vez na Estação de Tratamento de Água “Dr. Armando Pannunzio”, a ETA Cerrado, no período das 5h às 9h.

Para que essa manutenção preventiva seja realizada, será necessário interromper as operações da ETA/Cerrado no período programado, fato que vai refletir na diminuição da capacidade de abastecimento da cidade como um todo, com exceção das regiões do Éden, Cajuru e Aparecidinha, que recebem água a partir do sistema ETA/Éden, e Brigadeiro Tobias, que é servido por poços artesianos.

Visando minimizar os efeitos da paralisação, a autarquia vai se mobilizar no sentido de começar o domingo com todos os seus reservatórios cheios. Desta forma, será fundamental que as pessoas colaborem e economizem no uso da água, para que esses reservatórios possam suprir os respectivos bairros no período em que as intervenções estiverem ocorrendo, quando a ETA estará paralisada.

Atualmente, Sorocaba possui 25 Centros de Distribuição, que juntos somam 51 reservatórios distribuídos pela cidade, num total de 86,4 milhões de litros de água.

Ainda de acordo com o diretor-geral da autarquia, “essa rotina de manutenções preventivas que o Saae/Sorocaba vem mantendo já há alguns anos tem com o objetivo possibilitar que o sistema como um todo sempre esteja em condições de operar plenamente, evitando-se assim problemas mais complexos que poderiam comprometer o abastecimento da cidade”.

            A manutenção preventiva a ser realizada vai se constituir na limpeza, medição e reaperto das chaves seccionadoras da cabine de medição e cabine de transformadores; limpeza medição e reaperto no disjuntor de proteção da entrada em média tensão e dos cinco grandes transformadores da ETA, além de verificação das conexões dos cabos de média tensão entre cabine de medição e cabines de transformadores.

Fonte: Saae Sorocaba

Leia Mais